quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Tudo um questão de zeros...

Ontem ouvi na rádio, durante uma das minhas viagens de regresso a casa, que o nosso governo ia injectar mil milhões de euros na Caixa Geral de Depósitos. Mil milhões?! Será que ouvi bem? Tive alguma dificuldade em digitar tantos zeros na minha cabeça! Não seriam cem milhões de euros? Não... o que fazemos é tudo em grande!!!
No noticiário seguinte acabei por confirmar o que tinha ouvido... e fiquei a pensar: "Afinal até somos um país rico! Pois se o nosso governo tem mil milhões de euros para dar a uma instituição bancária, é porque tem muito mais guardado (ou no bolso de alguém!!!). Eu se tivesse um milhão já me sentia milionária!!! E ainda pensei naquela pessoas que ganham o euromilhões e que ficam a nadar em dinheito... se calhar até não ficam!!! Porque quinze milhões de euros são trocos ao pé de MIL MILHÕES de euros!!!!
Fiquei na dúvida, e já que é natal... Será que se eu lhes enviar o meu nib, eles me depositavam uns troquinhos? Tipo um milhãozito??! Bem de certo que não! Eles só se enganam a favor deles...
Depois pensei no facto desse dinheiro poder ser aplicado para melhorar tantas escolas (centenas que não têm um ginásio sequer!!!) e hospitais, evitar listas de espera... e poder dar um atendimento condigno a tantos portugueses que necessitam de ajuda médica... enfim... tristemente temos uma mentalidade de terceiro mundo!!!
Acabei por me lembra da classe média e dos funcionários públicos, os quais estão com as carreiras congeladas há não sei quento tempo... mas paciência! Há que dar quem precisa e a banca é uma delas... com os milhões de euros em lucros por ano... ainda não lhes deve chegar!!!
A desgraça não acabou aqui, pois uma das notícias que também ouvi nesse dia, foi que tinham apanhado um dos cabecilhas do gang do multibanco. Detiveram um dos responsáveis a assaltos, roubos de caixas multibanco e carjacking... em Setúbal! Era meu vizinho, portanto?! Como conseguia viver aqui no deserto? Deve ser um grande camelo... só pode! O valor total dos roubos era de dois milhões de euros... "Epá!! É tudo aos milhões nesta terra!!!" - pensei eu. E comentei com o meu marido o facto desse senhor amigo do alheio ter lucrado tanta massa e ainda viver em Portugal. Resposta do meu marido: "É porque não é muito esperto, pois se fosse não andava a roubar!". Não consegui evitar de pensar "Pois não! Era político!!!". Ainda bem que foi detido! Assim podemos levantar dinheiro calmamente por uns tempos...
Também ouvi ontem que Portugal se tinha oferecido para receber prisioneiros de Gantanamo, tendo sido o primeiro da Europa a fazê-lo. Disse logo: "Ora aí está!!! Se temos tantos milhões podemos ajudar os desgraçadinhos!". Com milhões de pessoas a precisar de ajuda, por exemplo, em África... vamos para cá trazer mais uns "merdosos" como se tivessemos cá poucos! E vão viver do quê? Rendimento mínimo ou enviá-los para famílias de acolhimento? Já seis! Agora como existem novas profissões como carregador de caixas multibanco ou agente de carjacking... há que arranjar trabalhadores em "full-time" para essas actividades! Só visto... contado ninguém acredita...
Deixamos sair do nosso país pessoas ilustres como bons alunos, investigadores e cientistas... e vamos recolher a porcaria dos outros!!! Somos ricos e ajudamos todos... bem não acertamos em todos... mas o que conta é a intenção!!!! Mais dois milhões de euros em lucros de roubo, menos mil milhões de euros no cofre do estado, mais dez ou vinte "pseudoterroritas"... afinal é tudo apenas uma questão de zeros!!!

1 comentário:

aleB disse...

Querida Galinha...
Acho que temos que começar um movimento qualquer... como ambas temos boa voz... até que ela nos doa ainda fazemos uns quantos sofrer!!! =)))
Que tal?
Bjus
B